• IEVY

A DOUTRINA DA RESSURREIÇÃO

Pois o que primeiramente lhes transmiti foi o que recebi: que Cristo morreu pelos nossos pecados, segundo as Escrituras, foi sepultado e ressuscitou no terceiro dia.” (vs. 3,4 - 1 Co 15:1-4; 12-19; 32-34).

O resumo do cap Co 15 da I carta do apóstolo Paulo à igreja de Jesus na cidade de Corinto traz à memória daquela comunidade o conteúdo da mensagem que ele tinha pregado no tempo em que ele esteve na cidade de Corinto. Paulo enfatiza que a salvação é condicionada à palavra de Deus enraizada nos corações e também da conduta deles diante da mesma, ou seja, exercitada na prática.

A parte teórica da mensagem é o fundamento e a essência da fé: Crer que Cristo morreu pelos nossos pecados, foi sepultado e ressuscitou ao terceiro dia. O principal conteúdo deveria ficar marcado na mente e no coração: Jesus ressuscitou!

Esse era o conteúdo da mensagem dos primeiros discípulos registrado no livro de Atos dos apóstolos.

Em At 2.24, Pedro falou à multidão: “Mas Deus o ressuscitou dos mortos, rompendo os laços da morte, porque era impossível que a morte o retivesse.”. No v.32; “Deus ressuscitou esse Jesus, e todos nós somos testemunhas deste FATO.”. Em At 3.15, a pregação de Pedro no templo: “Vocês mataram o autor da vida, mas Deus o ressuscitou dos mortos.”. No v.26: “Tendo Deus ressuscitado o seu Servo, enviou-o primeiramente a vocês, para abençoa-los, convertendo cada um de vocês das suas maldades.”. Em At 4.1,2: “Enquanto Pedro e João falavam ao povo, chegaram os sacerdotes, o capitão da guarda do templo e os saduceus. Eles estavam perturbados porque os apóstolos estavam ensinando o povo e proclamando em Jesus a ressurreição dos mortos.”. No 10: “Saibam os senhores e todo o povo de Israel que por meio do nome de Jesus Cristo, o Nazareno, a quem o crucificaram, mas a quem Deus ressuscitou dos mortos, este homem está aí curado diante dos senhores.”.

Depois de sua conversão, o apóstolo Paulo deu continuidade à mensagem dos discípulos de Jesus: At 13.29 e 30: Paulo em Antioquia: “Tendo cumprido tudo o que estava escrito a respeito dele, tiraram-no do madeiro e o colocaram no sepulcro. Mas Deus o ressuscitou dos mortos.”. Vs.32 e 33: “Nós lhes anunciamos as boas novas: o que Deus prometeu a nossos antepassados ele cumpriu para nós, seus filhos, ressuscitando Jesus...”. Em At 17.31, Paulo em Atenas, no Areópago: “Pois estabeleceu um dia em que há de julgar o mundo com justiça, por meio do homem quem designou. E deu provas disso a todos, ressuscitando-o dentre os mortos.”. Em At 26.22b e 23, Paulo testemunhando ao rei Agripa: “Não estou dizendo nada além do que os profetas e Moisés disseram que haveria de acontecer: que o Cristo haveria de sofrer e, sendo o primeiro a ressuscitar dentre os mortos, proclamaria luz para o seu próprio povo e para os gentios.”.

Precisamos urgentemente voltar a proclamar e testemunhar a mensagem da ressurr