• Gleen Daphee Chery

A ORIGEM DA IGREJA E O SEU PROPÓSITO

Vocês, porém, são geração eleita, sacerdócio real, nação santa, povo exclusivo de Deus, para anunciar as grandezas daquele que os chamou das trevas para a sua maravilhosa luz. Antes vocês nem sequer eram povo, mas agora são povo de Deus; não haviam recebido misericórdia, mas agora a receberam”. (1 Pedro 2.9 e 10)

O 49º aniversario da IEVY foi no mês passado. A comemoração aconteceu o mês todo avançando até o 1º domingo de junho. Posso afirmar que é existência abençoada e abençoadora, por cujo trabalho milhares de vidas foram edificadas e salvas pelo poder da Palavra de Deus.

Ao refletir sobre a existência da IEVY, recorro às palavras de sua Declaração de propósito, Missão e Visão, assim expressa: Existimos como IEVY porque Deus nos salvou para vivermos na plenitude de Sua Palavra, visando à edificação, à comunhão dos salvos e à evangelização dos perdidos em qualquer parte do mundo”.

Esta verdade tem sido vivida ao longo da existência da Igreja. A igreja no sentido universal foi fundada por Jesus após Sua ressurreição, há mais de dois mil anos. A igreja local, a IEVY, foi fundada baseada nos princípios da Palavra de Deus e no Poder do Espírito Santo em meio a um poderoso avivamento espiritual que se espraiava pelo Brasil e pelo mundo. Há 49 anos um grupo de 40 irmãos, sentindo esse chamado do Senhor, obedeceram à voz do Espírito Santo e foram canais de benção. Desta forma, nascia a nossa igreja. Sendo assim, a IEVY adotou esta Declaração de Missão e Visão: “Existimos como IEVY porque Deus nos salvou e nos chamou para vivermos o Seu evangelho...”. Temos, portanto, consciência da obra de Deus em nossas vidas. Sabemos o que Deus fez e continua fazendo conosco. Ele nos tirou das trevas e nos colocou em seu reino de amor, em seu reino de luz. Ele nos amou, nos resgatou. Podemos reconhecer a nossa origem baseada em princípios e fundamentos da Palavra de Deus. Pregamos e vivemos essa Palavra, seja nas mensagens ou nas ações no testemunho de vida.

Há outro ponto fundamental também, que além de saber a nossa origem, conhecemos o proposito de nossa existência. Existimos, acima de tudo, para glorificar ao Senhor Jesus e vivermos na plenitude de Sua palavra. Como podemos em nosso dia a dia glorificar a Jesus? Glorificamos a Jesus quando damos testemunho Dele, quando vivemos essa plenitude da Palavra em nossas vidas, quando compartilhamos com outros o seu amor pelo homem perdido em seus pecados. Quando vivemos baseados na Palavra de Deus, buscamos a edificação, tanto de nossas vidas como de nossos irmãos.

Outra questão importante nesse entendimento é vivermos na plenitude da Palavra de Deus. É a observância do princípio “uns para com os outros”, muito ensinado pelo apostolo Paulo. É o princípio da reciprocidade ou da mutualidade. Vemos esta verdade em Efésios 4.32: “Sejam bondosos e compassivos uns para com os outros, perdoando-se mutuamente, assim como Deus perdoou vocês em Cristo.”. Como IEVY, somos chamados para glorificarmos ao Senhor, vivermos a plenitude de Sua Palavra, cuidado uns dos outros. Esse cuidado se estende aos de fora da Igreja, quando a Palavra é levada através da prática missionária. Cada um de nós é missionário no local onde estamos. Temos também missionários transculturais, dentro e fora do Brasil. O entendimento deste “Ide” de Jesus, é tanto aqui aos que estão perto, e ao mesmo tempo aos que estão longe.

Queridos, que o Senhor nos abençoe no cumprimento desta Missão e Visão, aqui repetido Existimos como IEVY porque Deus nos salvou para vivermos na plenitude de Sua Palavra, visando à edificação, à comunhão dos salvos e à evangelização dos perdidos em qualquer parte do mundo”.

Que o Pai nos abençoe.

Pr. Clovis Delgado

NOTA: Mensagem pregada na IEVY, no culto da manhã de domingo, 6.6.21, na volta dos cultos presenciais.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

PRINCÍPIOS PARA UMA VIDA ABENÇOADA POR DEUS

“Um dia ela (a escrava adolescente) disse à sua senhora: "Se o meu senhor Naamã procurasse o profeta que está em Samaria, ele o curaria da lepra"... “Eliseu enviou um mensageiro para lhe dizer: "Vá e

UMA IGREJA DE MÃOS DADAS E CORAÇÕES UNIDOS

“E perseveravam na doutrina dos apóstolos e na comunhão, no partir do pão e nas orações. Em cada alma havia temor; e muitos prodígios e sinais eram feitos por intermédio dos apóstolos. Todos os que c

NÃO DESISTA JAMAIS!

“Estou executando um grande projeto e não posso descer. Por que parar a obra para ir encontrar-me com vocês" (Neemias 6.3). “Nós, porém, não somos dos que retrocedem e são destruídos, mas dos que cree