• Gleen Daphee Chery

UMA IGREJA DE MÃOS DADAS E CORAÇÕES UNIDOS

E perseveravam na doutrina dos apóstolos e na comunhão, no partir do pão e nas orações. Em cada alma havia temor; e muitos prodígios e sinais eram feitos por intermédio dos apóstolos. Todos os que creram estavam juntos e tinham tudo em comum.” (Atos 2.42 a 45)

Cerca de 500 milhões de cristãos são perseguidos na Ásia hoje (2021). No entanto, os especialistas indicam que, em 2030, a China será o país com o maior número de cristãos no mundo.

Mas como é possível que a igreja cresça tanto apesar da perseguição? Pessoalmente, não acho que seja “apesar da perseguição”, mas “por causa da perseguição” que a igreja chinesa se multiplica dia a dia.

Imagine uma igreja que não desperdiça tempo, energia e dinheiro alugando ou construindo grandes prédios, não gasta dinheiro em equipamentos de som, iluminação e multimídia e não investe tempo ou recursos em congressos, conferências ou outros programas de entretenimento. Apenas as três coisas que mais nos distraem de fazer discípulos no Ocidente.

Imagine uma igreja cujo foco principal é evangelismo, discipulado e comunhão e você estará pensando na igreja chinesa.

O segredo do crescimento da Igreja na China é o foco. A perseguição por parte do governo é tão severa que não deixa espaço para diversão. O novo crente está ciente, desde o primeiro minuto de sua conversão, que seu objetivo é compartilhar as boas novas de salvação aos que ainda não ouviram e fazer discípulos dos novos crentes.

Olhando para exemplos como os da China ou do Irã, pessoalmente acredito que o inimigo mais letal para a igreja de Cristo não é um governo opressor, mas a apatia e distração da própria igreja.

UMA IGREJA DE MÃOS DADAS E CORAÇÕES UNIDOS

I. A IGREJA NASCE PARA VIVER DE MÃOS DADAS E CORAÇÃO UNIDO

Em At 2.42 a 46, diz: “E perseveravam na doutrina dos apóstolos e na comunhão, no partir do pão e nas orações. Em cada alma havia temor; e muitos prodígios e sinais eram feitos por intermédio dos apóstolos. Todos os que creram estavam juntos e tinham tudo em comum. Vendiam as suas propriedades e bens, distribuindo o produto entre todos, à medida que alguém tinha necessidade. Diariamente perseveravam unânimes no templo, partiam pão de casa em casa e tomavam as suas refeições com alegria e singeleza de coração,”.


II. A IGREJA DE MÃOS DADAS E CORAÇÃO UNIDO CRESCE NATURALMENTE

E o v.47 diz: “... louvando a Deus e contando com a simpatia de todo o povo. Enquanto isso, acrescentava-lhes o Senhor, dia a dia, os que iam sendo salvos.”.

Em At 4.1 a 31, a Igreja comparece perante as autoridades para responder às inquirições e ouvir ameaças dessas autoridades.


III. A IGREJA DE MÃOS DADAS E CORAÇÃO UNIDO SOBREVIVE A PERSEGUIÇÃO

Em At 4.32 a 37, encontramos: “Da multidão dos que creram era um o coração e a alma. Ninguém considerava exclusivamente sua nem uma das coisas que possuía; tudo, porém, lhes era comum. Com grande poder, os apóstolos davam testemunho da ressurreição do Senhor Jesus, e em todos eles havia abundante graça. Pois nenhum necessitado havia entre eles, porquanto os que possuíam terras ou casas, vendendo-as, traziam os valores correspondentes e depositavam aos pés dos apóstolos; então, se distribuía a qualquer um à medida que alguém tinha necessidade. José, a quem os apóstolos deram o sobrenome de Barnabé, que quer dizer filho de exortação, levita, natural de Chipre, como tivesse um campo, vendendo-o, trouxe o preço e o depositou aos pés dos apóstolos.”:

a. Um o coração e a alma

b. Tudo era em comum

c. Testemunho da ressurreição de Cristo era a principal base e mais forte argumento de sua fé em Jesus Cristo.

d. Abundante graça

e. Não havia necessitado entre eles (comida, vestimenta e abrigo)


A Igreja perseguida - At 5.17 a 42


O primeiro mártir da Igreja – cap. 6


IV. A IGREJA DE MÃOS DADAS E CORAÇÃO UNIDO MANTÉM O FOCO: VIVE PARA PREGAR A PALAVRA

Em At 8.1 a 4, lemos “E Saulo consentia na sua morte. Naquele dia, levantou-se grande perseguição contra a igreja em Jerusalém; e todos, exceto os apóstolos, foram dispersos pelas regiões da Judéia e Samaria. Alguns homens piedosos sepultaram Estêvão e fizeram grande pranto sobre ele. Saulo, porém, assolava a igreja, entrando pelas casas; e, arrastando homens e mulheres, encerrava-os no cárcere. Entrementes, os que foram dispersos iam por toda parte pregando a palavra.”


Irmãos, Jesus disse que a Igreja passaria por perseguições e tribulações. Oremos para que Deus nos tire da omissão, nos levante do comodismo e nos envie um avivamento de busca do Senhor e de amor aos perdidos sem salvação.

Que Deus assim nos abençoe.

Miss. Edward Gomes da Luz

(Presidente da MNTB – Missão Novas Tribos no Brasil)


3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

A ORIGEM DA IGREJA E O SEU PROPÓSITO

“Vocês, porém, são geração eleita, sacerdócio real, nação santa, povo exclusivo de Deus, para anunciar as grandezas daquele que os chamou das trevas para a sua maravilhosa luz. Antes vocês nem sequer

PRINCÍPIOS PARA UMA VIDA ABENÇOADA POR DEUS

“Um dia ela (a escrava adolescente) disse à sua senhora: "Se o meu senhor Naamã procurasse o profeta que está em Samaria, ele o curaria da lepra"... “Eliseu enviou um mensageiro para lhe dizer: "Vá e

NÃO DESISTA JAMAIS!

“Estou executando um grande projeto e não posso descer. Por que parar a obra para ir encontrar-me com vocês" (Neemias 6.3). “Nós, porém, não somos dos que retrocedem e são destruídos, mas dos que cree