top of page
  • IEVY

FELIZ VIDA NOVA!

“Certa ocasião, enquanto (Jesus) comia com eles, deu-lhes esta ordem: "Não saiam de Jerusalém, mas esperem pela promessa de meu Pai, da qual lhes falei. Pois João batizou com água, mas dentro de poucos dias vocês serão batizados com o Espírito Santo". Então os que estavam reunidos lhe perguntaram: "Senhor, é neste tempo que vais restaurar o reino a Israel? "Ele lhes respondeu: "Não lhes compete saber os tempos ou as datas que o Pai estabeleceu pela sua própria autoridade. Mas receberão poder quando o Espírito Santo descer sobre vocês, e serão minhas testemunhas em Jerusalém, em toda a Judéia e Samaria, e até os confins da terra". Tendo dito isso, foi elevado às alturas enquanto eles olhavam, e uma nuvem o encobriu da vista deles.” (Atos 1.4-9)


Nestas últimas semanas de dezembro que antecedem a virada de 2021 para 2022, período propício para as pessoas fazerem reflexões sobre a vida, renovarem as esperanças e adotarem resoluções e projetos para o ano vindouro.

O objetivo desta Pastoral é relembrar a igreja que as tradicionais celebrações Ano Novo são uma convenção da social, e que nada há de mágico na passagem de 31 de dezembro para 1º de janeiro. Nossa esperança não se apoia meramente na mudança de calendário, mas sim em Cristo e na obra do Espírito Santo.

A bíblia relata que, após a ressurreição, Jesus passou 40 dias com seus discípulos antes de subir aos céus. No texto acima, vemos Jesus fazendo refeição com eles, dando Suas últimas orientações, em específico sobre a promessa do Espírito Santo que se cumpriria em breve. É véspera das festividades do Pentecostes. Nesse momento surge na conversa o tema da restauração do reino terrestre de Israel, pois os judeus acreditavam que o Messias viria para restaurar o reino de Davi.

Diante do questionamento, Jesus enfatiza a importância de aguardar o cumprimento da promessa de Deus, o derramamento do Espírito Santo para que os discípulos pudessem cumprir a missão de serem testemunhas de Cristo em qualquer parte do mundo.

O questionamento também evidencia o quanto os discípulos, mesmo tendo acompanhado o ministério de Jesus de perto, ouvido Seus ensinos, testemunhado a realização de milagres e do sofrimento de Jesus, que foi torturado, morto e sepultado – e agora ressuscitado – continuava focado nas circunstâncias do cotidiano. Eles ainda não haviam compreendido a extensão e o impacto do Reino de Deus.

Hoje vemos parte da Igreja sofrendo com essa mesma falta de visão. Diante do evento “virada do ano”, tem colocado suas esperanças nas próximas eleições, na melhora da economia, na dependência da vacinação, na busca de emprego. Fazem planos sem promoverem mudanças; avançam apenas pelo otimismo. Planejam casamento, ter filhos, concluir a faculdade, mudar de emprego, emagrecer etc. como se essas coisas do “aqui e agora” tivessem real poder para sustentar nossa existência. Muitos que estão passando momentos difíceis na vida, de perda de pessoas queridas, perda de empregos ou de negócios, iniciando o ano novo desesperançados pela mesma causa: visão limitada e não espiritual da vida.

Como o mundo em geral, que deposita suas esperanças nas coisas materiais, essas pessoas irão acordar após as festas e fogos de artificio com os mesmos problemas.

Mas o relato bíblico não termina ali. Em Atos 2.1 a 12, lemos que os discípulos obedeceram às orientações de Jesus: permaneceram em Jerusalém reunidos e aguardando o cumprimento da Promessa, até que ouviram o barulho de um vento sobrenatural; línguas como de fogo repousaram sobre cada um deles, e eles puderam se comunicar com a população na língua de cada um. Era a chegada do Espírito Santo! Como resultado, aqueles homens e mulheres, em meio a festa de Pentecostes, passaram a falar em diferentes idiomas, os quais nunca haviam estudado, surpreendendo a todos. A Igreja de Jesus estava sendo inaugurada. Estas mesmas pessoas com poder do Espírito Santo mudaram seu mundo e propagaram o evangelho como nunca. Esse episódio nos ensina algumas coisas:

1. O ESPÍRITO SANTO TRANSMITE IDENTIDADE E PROPÓSITO

O Espírito Santo nos fala de nossa identidade e nosso propósito: somos filhos de Deus e chamados a ser Suas testemunhas ao mundo. Temos a missão de levar luz as trevas, e de dar sabor ao mundo com o sal.

2. O REVESTIMENTO DE PODER É PARA TODOS

O Espírito Santo é derramado sobre todos os discípulos de Jesus sem distinção: homens e mulheres, jovens e adultos, pobres e ricos, analfabetos e diplomados. É universal, não está limitado ao tempo, nem a lugar. O Espírito Santo direciona a uma vida nova e esperança renovadas.

O poder do Espírito Santo traz controle não sobre a vida dos outros, mas sobre a nossa própria: desenvolve o caráter, habilita o controle sobre carreira e finanças, relacionamentos, ministérios e domínio sobre as fragilidades da vida real.

3. O ESPÍRITO SANTO TORNA CADA UM DE NÓS SEMENTES DE AVIVAMENTO

Deus fez coisas extraordinárias no passado. Deus tem o mesmo poder para realizá-las hoje.

Nosso papel não é especular sobre o futuro, mas agir com o Evangelho no presente. O Espírito Santo trouxe o Reino de Deus do qual somos embaixadores! Se o mundo carece de esperança, inspiração e motivação, a Igreja possui as boas novas do evangelho, que é a única coisa capaz de suprir o vazio da existência humana.

Um corpo sem espírito é um cadáver; uma igreja sem o Espírito Santo está morta.

O Espírito traz alegria em Cristo, tira o foco das coisas temporais e o coloca em Deus. O Espírito traz Nova Vida!

“Portanto, se alguém está em Cristo, é nova criação. As coisas antigas já passaram; eis que surgiram coisas novas!” (2 Co 5.17)

Você não precisa de roupas brancas, nem de 31 de dezembro e nem de Ano Novo! Você precisa de Jesus e do poder do Espírito Santo para uma Vida Nova! É isso Deus já nos concedeu!

Feliz Vida Nova, Igreja! Que o Senhor nos permita viver a cada dia sobre a luz dessa verdade e sobre o poder desta doutrina.

Deus abençoe sua semana!

Pb Ton – Wellington Rodrigues de Faria

Nota: Mensagem pregada no Culto IEVY do domingo 12/12/21.

16 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page