SETE MARCAS DE UMA IGREJA GENUÍNA | Pr. Helinho

V.31 – “Mas estes foram escritos para que vocês creiam que Jesus é o Cristo, o Filho de Deus e, crendo, tenham vida em seu nome.(João 20.19 a 31)


Vivemos tempos de incertezas, dúvidas, falta de transparência e verdade na sociedade. Isso gera certo medo em todos nós. Você já teve a sensação de estar no meio de um fogo cruzado e não saber de nada e nem para onde correr.

Os seguidores de Jesus estavam reunidos numa casa trancados, Havia tensão neles e pressão externa. Provavelmente uma mistura de expectativa e frustração em seus corações. Os discípulos não estavam com medo do império romano, mas dos religiosos.

Fazemos confusão quando falamos de “religiosos”, evangélico, cristão, crente, mundo gospel, igreja institucional. Quando vemos alguma coisa de diferente, ou escandalosa, ficamos aterrorizados e com vergonha de pertencermos a qualquer desses grupos. Precisamos separar ou diferenciar o que é ser Igreja de Jesus.

No texto base, os discípulos representam a Igreja genuína de Jesus. Vamos destacar as características de uma igreja verdadeira ou as marcas de um verdadeiro discípulo de Cristo. Abordaremos sete marcas de uma igreja genuína:

1ª) A IGREJA TEM A PAZ QUE VEM DE JESUS

V19b: “Jesus entrou, pôs no meio deles e disse: Paz seja com vocês!”

Os discípulos estavam com as portas trancadas (insegurança), com medo dos judeus (ameaça de perseguição e morte) e Jesus entra declarando sua Paz.

Dias antes, Jesus tinha dito a seus discípulos: “Deixo-lhes a paz; a minha paz lhes dou. Não a dou como o mundo a dá. Não se perturbem os seus corações, nem tenham medo.” (Jo14.27). Essa paz não é igual a que o mundo dá. A paz que o mundo dá é paz temporária, falsa paz, trégua. É também paz exterior.

A paz de Jesus é interior e independe de fatores externos.

Não andem ansiosos por coisa alguma, mas em tudo, pela oração e súplicas, e com ação de graças, apresentem seus pedidos a Deus. E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará os seus corações e as suas mentes em Cristo Jesus.” (Fp 4: 6 e 7). A paz é o resultado no coração que encontrou descanso em Deus.

2ª) A IGREJA TEM A ALEGRIA COM A PRESENÇA DE JESUS

V20: “Os discípulos alegraram-se quando viram o Senhor.”

Depois que a paz invade nosso coração, logo em seguida vem a alegria. Agora nada pode roubar nossa alegria. Nem as circunstancias, pessoas, coisas, preocupações. O ap. Paulo nos ensina que podemos nos alegrar independente desses fatores. Em Fp 4.4, Paulo ordena a seus leitores a se alegrarem sempre no Senhor.

3ª) A IGREJA É MOVIDA PELO ESPIRITO SANTO

V21: “Assim como o Pai me enviou, eu os envio. E com isso soprou sobre eles e disse: Recebam o Espírito Santo.”

Quando qualquer trabalho por mais simples que seja tiver o aval de Deus (“eu os envio”), os resultados aparecem e permanecem. Já faz mais de 2000 anos que essa ordem de Jesus tem surtido efeito. Milhares de pessoas são transformadas diariamente pelo poder atuante do Espírito Santo, que faz a igreja ser vibrante. É o Espírito Santo que leva a igreja à santificação, que dá a unção, o poder, a unidade, a ousadia e a autoridade à Igreja. Pode ser um homem simples, como Pedro, ou erudito como Paulo. É o Espírito Santo que distribui os Dons. É o Espirito Santo que traz o avivamento para transformação da igreja e da nação. Essa comunidade (IEVY) nasceu há quase cinquenta anos porque o Espirito Santo inflamou, constrangeu, promoveu arrependimento e conversões nos corações dos jovens e está atuante até hoje.

4ª) A IGREJA EXERCITA A MISERICÓRDIA E O PERDÃO

V23: “Se perdoarem os pecados de alguém, estarão perdoados; se não os perdoarem, não estarão perdoados.”

O exercício da misericórdia e do perdão é uma das marcas nobres que o ser humano deve ter. Esse versículo é condicional. O mesmo conteúdo da oração do Pai Nosso. Devemos seguir o protocolo. “Perdoa nossas dividas assim como temos perdoado nossos devedores” (Mt 6.12).

5ª) A IGREJA LEVA CONSIGO AS MARCAS DOS CRAVOS

V25: Se eu não vir as marcas dos pregos em suas mãos, não colocar o meu dedo onde estavam os pregos e não puser a minha mão no seu lado, não crerei". Tomé representa o mundo sem Deus. O mundo só vai acreditar em nós quando vir as “marcas dos cravos”. As pessoas no mundo não serão convencidas por palavras e discursos. Com a internet nas mãos, elas têm informações, conhecimento, conteúdos teológicos. Hoje são necessários atos concretos de amor. Marcas de sacrifícios.

A nossa família vai ser alcançada ao ver mudança em nossas atitudes. Nosso vizinho vai crer no evangelho que pregamos quando estendermos as mãos para servi-lo. Muitos creram em Jesus porque viram as “marcas dos cravos”.

6ª) A IGREJA CRÊ QUE JESUS É SENHOR E SALVADOR. MARCA DA FÉ!

Vs28 e 29: “Disse-lhe Tomé: Senhor meu e Deus meu. Então Jesus lhe disse: Por que me viu, você creu? Felizes os que não viram e creram.”

A marca da fé genuína é ter Jesus como Senhor e salvador. Muitos ainda não entenderam essa revelação dupla e só receberam Jesus como salvador. Não aceitaram ainda o senhorio de Cristo, a cruz, a entrega, a renuncia e a obediência. Jesus vem buscar somente aqueles que fizeram Dele Senhor e Salvador!

7ª) A IGREJA EXPERIMENTA OS MILAGRES DE JESUS

V30: “Jesus realizou na presença dos seus discípulos muitos outros sinais milagrosos...”

Jesus não veio aqui para fundamentar seu ministério no espetáculo. O objetivo dos milagres de Jesus era e é a glorificação do Pai. É promover a glória de Deus. Ele ainda deseja realizar milagres em nossos dias, contanto que seja para glorificar o nome Dele.


Concluindo, leitores, esse evento aconteceu num final de tarde em uma casa. Perguntamos: quando voltaremos aos cultos presenciais? Quando voltaremos à casa do Senhor para termos paz, alegria, sentir a presença de Deus na comunhão com os irmãos?

Saiba que a sua casa pode ser o espaço para Jesus se manifestar. O seu coração pode ser o espaço que Jesus quer trazer paz, alegria, perdão, esperança e fé.

Os discípulos estavam frustrados com a situação. Já era o terceiro dia e nada aconteceu. Mas Deus vela pela Sua Palavra. Ele está presente em sua vida pelo Espírito Santo.

Hoje é dia de ressurreição. É dia de paz, de alegria, de perdão, de milagres!

Que Deus assim nos abençoe,

Pr. Hélio Veríssimo


NOTA: Mensagem pregada no culto da manhã de 18.04.21, ON LINE, na IEVY.

3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

“FALA, SENHOR, POIS O TEU SERVO ESTÁ OUVINDO!”

“O Senhor voltou a chamá-lo como nas outras vezes: "Samuel, Samuel! “Então Samuel disse: "Fala, pois o teu servo está ouvindo". (1 Samuel 3.10) Louvado seja Deus pela Palavra de Deus que a Missionária

LIÇÕES PRECIOSAS ENSINADAS PELA CEIA DO SENHOR

“... Que o Senhor Jesus, na noite em que foi traído, tomou o pão, disse: “Isto é o meu corpo, que é dado em favor de vocês; façam isto em memória de mim”. depois da ceia ele tomou o cálice e disse: “E